Alimentos baixos em calorias | Guia das Vitaminas

Estar bem informado sobre os fundamentos pelos quais fazemos tal coisa ou deixamos de fazer tal outra, que é a base de uma boa gestão do nosso próprio bem-estar. Se estamos optando por ter uma dieta em particular, seja para perder peso ou simplesmente manter a forma saudável, é fundamental saber por que o fazemos. Não se trata apenas de seguir uma moda ou ter uma orientação estética que nos impulsione, mas de ser pessoas saudáveis. Por esse motivo, saber quais são os alimentos baixos em calorias, é muito importante, para depois poder escolher dentro desta lista, os que mais gostamos, se for o caso.

Clique aqui para aprender um pouco de nosso programa de implantação de hábitos para aumentar o seu nível de saúde.

Alimentos baixos em calorias de origem animal

alimentos

  • Peixe. O peixe é uma excelente fonte de proteínas, uma das bases de uma dieta saudável. Por outro lado, tem um aporte calórico baixo, especialmente se comparado com outros alimentos. Responde por 25 % das calorias da carne, com a mesma ingestão diária de proteína. As calorias variam de acordo com o peixe que estamos considerando, mas, basicamente, uma porção de 100 gramas, contribui com menos de 100 calorias. Não podemos esquecer que nos fornece vitaminas do grupo B, e uma interessante quantidade de Ferro.
  • Aves. O frango ou o peru, quando é cozida sem pele ao forno ou cozidos, têm um aporte de calorias muito baixo, com grande quantidade de proteínas. Por cada 100 gramas de peito se fornecem cerca de 100 calorias.
  • Ovos. Os ovos são uma importante fonte de proteínas, dão saciedade e contribuem com 80 calorias por unidade cozida. É importante destacar que essas calorias, 65 estão na ponta, e apenas 15 a clara.
  • Lácteos desnatados. Um copo de leite desnatado fornece apenas 66 calorias, e grande quantidade de vitaminas. Um copo de iogurte sabor natural traz 100 calorias.

Alimentos baixos em calorias de origem vegetal

Alimentos baixos em calorias

  • Os vegetais, em geral, têm um aporte calórico baixo. Alguns em particular, como os espargos (4 aspargos cozidos apenas fornecem 15 calorias) têm um teor tão alto de fibras que dão sensação de saciedade muito em breve, além de facilitar a digestão. Outro exemplo é a cenoura, com a grande quantidade de vitaminas nos proporciona, dá apenas 30 calorias por unidade.
  • As frutas. Com as frutas, o mesmo acontece, em geral fornecem muitas fibras, muitas vitaminas e poucas calorias.
  • Legumes. Uma xícara de lentilhas já cozidas dá umas 200 calorias e muitas fibras, por isso é fundamental a sua presença em uma dieta saudável.

Se a ideia é perder peso, é fundamental seguir algumas orientações importantes, além de ingerir alimentos baixos em calorias. É fundamental não ignorar refeições, pequeno-almoço muito bom, mas, acima de tudo, fazer muita ênfase em proteínas e fibras da dieta. Um café da manhã muito bom tem a metade de proteínas e a outra metade de vegetais e frutas. Desta forma obtêm-se também benefícios secundários, como, por exemplo, um melhor controle da pressão arterial, como descrito no National Center for Biotechnology Information.

10 Alimentos Muito Nutritivos E Pouco Empregados

Às vezes nos acostumamos a usar o mesmo tipo de ingredientes em nossas refeições e deixamos de lado alimentos muito nutritivos para os quais não lhes damos maior importância, muitas vezes por desconhecer que têm um grande teor nutricional e muitas vezes simplesmente porque não conhecia seus nomes.

No entanto, para ajudá-lo a conhecer outro tipo de alimentos nutritivos, eis aqui uma recolha de alimentos incríveis que podem ser exatamente o que precisa para começar o nível nutricional e de saúde de que tanto tens andado à procura e que não sabia com que alimentos alcançar:

alimentos-muito-nutritvos-pouco-funcionários

1.- Nabo sueco:

Estes nabos também é conhecido pelo nome de “rutabaga”, os quais contêm uma boa quantidade de vitamina C e complexo B, além de fibra dietética excelente para a digestão, contém magnésio, fósforo e ácido fólico, além disso, graças ao seu alto conteúdo de água é excelente para fazer com que o estômago se sinta satisfeito rapidamente, sem comer tanto, razão pela qual cada vez mais pessoas estão adicionando à sua dieta.

nabo-seco

2.- Dente-de-leão:

Se o que você está procurando é vitamina K, você pode encontrar mais de 200% da quantidade diária que normalmente se recomenda, dentro dos dentes-de-leão crus. Assim mesmo te fornecem vitamina C, ferro, cálcio e potássio, que são um excelente ingrediente para adicionar à molhos ou até mesmo beber chá.

Leia também:

dente-de-leon

3.- Couve-flor:

Estes alimentos em forma de pequenas árvores de cor branca, muitas vezes se esquecem e são utilizados somente para a preparação do curtimento, deixando, assim, de um lado, suas propriedades para perda de peso, a sua vitamina C, o seu bom conteúdo, como fibra alimentar, o seu conteúdo em ácido fólico e cálcio, assim como se sabe que a couve-flor é excelente para controlar os problemas de retenção de líquidos.

alimentos-ricos-pouco-funcionários

4.- Goiaba:

Por que nos contentar com somente comer bananas e maçãs, se houver mais frutas por aí? Tal é o caso da goiaba, a qual contém mais antioxidantes que combatem e previnem o câncer do que outras frutas, assim como a goiaba, conta com a vantagem de que se pode comer cru, por isso que os licopenos, que contém não se perdem.

5.- Aipo:

Se bem que o aipo é um dos mais famosos em dietas para emagrecer e também como um excelente diurético, infelizmente se você usa muito pouco para dentro das receitas do dia-a-dia, salvo exceções. Muitas pessoas não sabem que podem aproveitar as propriedades desse delicioso alimento em receitas como arroz, saladas, sucos, molhos e pizzas.

6.- Cerejas:

Estes deliciosos alimentos que podem ser utilizados não somente para decorar os amortecedores de sobremesas, mas também em saladas, sobremesas e até mesmo em deliciosos sucos. O aporte calórico das cerejas é muito baixo, mas, por seu doce sabor se possa crer o contrário, sabe-se que estes pequenos frutos vermelhos são bons para combater as células que podem causar câncer e também a inflamação, assim mesmo, graças ao seu conteúdo em ácido elagico e quercetina são capazes de impedir o crescimento de células canceras e tumores, assim como podem combater os estados de humor depressivos.

7.- O Amaranto e milho:

Estes são grãos inteiros, com muitas propriedades nutritivas, mas às vezes não nos lembramos que existem, por um lado encontra-se o amaranto, o qual contém um grande teor de proteínas, com alto teor de minerais e de vitaminas A,B, C, B1, B2, B3, além disso, é uma excelente fonte de ácido fólico, ferro e fósforo, além de que é uma excelente fonte de aminoácidos como a lisina. Por outro lado, o milho contém mais proteínas do que as que se podem encontrar no arroz e em uma xícara de painço pode-se encontrar quase o dobro de fibra que em uma xícara de arroz regula, por se fosse pouco, este cereal que, se é um carboidrato fornece muita energia e não produz aumento da glicose do sangue e por se fosse pouco Não contém glúten!

8.- Feijão:

Os feijões podem ser encontradas em diferentes cores, que são brancas, verdes ou vermelhas, estes alimentos são carboidratos de absorção lenta e verificou-se que estes pequenos alimentos ajudam as pessoas que sofrem de colesterol alto a reduzir muito significativamente os níveis de colesterol, assim mesmo regulam os níveis no sangue e a produção de insulina no nosso organismo. Os feijões contêm proteínas, fibras e antioxidantes que previnem o câncer.

9.- Sardinhas:

Se bem o sabor desse alimento pode não ser tão delicioso para algumas pessoas, talvez por saber que este alimento é uma das melhores formas de conseguir ácidos omega 3 pode alterar a decisão dessas pessoas na hora de pensar em adicioná-lo à sua dieta.

As sardinhas ajudam a diminuir os níveis de triglicérides e melhora o fluxo sanguíneo, reduz os riscos de que uma pessoa venha a sofrer de trombose ou aterosclerose. Contém vitamina B12, B1 e vitamina A, e e D.

Sabe-Se que a sardinha é um dos alimentos mais completos, já que também ajuda o sistema nervoso e ajuda a melhorar a visão sobre tudo aquelas pessoas que têm uma má visão à noite. Recomenda-Se a sardinha desde a mais tenra idade, já que contribui para o crescimento e fortalecimento dos ossos.

10.- Agrião:

O agrião é excelente para incluir como alimento essencial entre as dietas, pois além de ser muito baixo em calorias ajudá-lo, para que não fique sem energia, contém mais cálcio do que o leite semidescremada e não te traz gorduras, mesmo assim, contém vitamina C, ferro, vitamina A e K, além de carotenóides, fitoquimicos e antioxidantes. Melhora a bronquite, o aparelho respiratório, evita a retenção de líquidos, diabetes, anorexia e melhora a saúde do fígado. Sabe-Se que ao consumi-la quando se sofre de tosse ou resfriado, o agrião ajuda a diminuir e controlar os sintomas dessas doenças, assim como a ajuda para que as doenças possam se curar mais rápido graças ao que reforça o sistema imunológico.

10 Alimentos para Desintoxicar o Fígado, o que Limpiaran seu Corpo. #4 Esta Delicioso.

Os alimentos que pode consumir para desintoxicar o fígado são: uva, maçã, cenoura, babosa ou aloe vera, alho, betabel, limão, entre outros alimentos que colocando-os à dieta diária, podem limpar de forma natural esse órgão importante.

Desintoxicar o fígado, não só é uma das formas para poder baixar de peso, ou se preparar para isso, também é uma das medidas para se manter saudável, otimizando o funcionamento do organismo. Felizmente, os alimentos fornecem as propriedades e benefícios, para poder limpar de forma natural o fígado, um dos órgãos vitais, que desempenha um papel muito importante no funcionamento do organismo, já que participa no metabolismo dos hidratos de carbono, gorduras, armazena energia sob a forma de açúcar, entre outras funções.

alimentos-para-desintoxicar-o-fígado

A desintoxicação do fígado, recomenda-se realizá-la pelo menos uma vez por ano. Já que é um dos órgãos vitais mais importantes do organismo, é necessário mantê-lo saudável, isto como parte do bem-estar geral do organismo.

Dentro dos alimentos que aconselha-se consumir para uma desintoxicação do fígado são:

1.- Limão:

É um alimento muito rico em Vitamina C, além de contribuir múltiplas propriedades para o poder de desintoxicar o organismo de forma natural, é anti-séptico, bom antioxidante, ajuda a manter as funções digestivas, propicia um bom equilíbrio de pH, consumir de maneira frequente limão, ajuda a filtrar as toxinas, o que pode consumir em jejum com um copo de água.

água-de-limão-com-pimenta-preta

2.- Cenoura:

É rica em beta-caroteno, por seu alto conteúdo de antioxidantes ajuda a desintoxicar o fígado de forma natural

alimentos-para-desintoxicar-o-higado2

3.- Maçã:

A maçã já é conhecida por suas muitas virtudes, não é apenas nutritivo, mas também tem as propriedades para o poder de desintoxicar o fígado, ajudando a eliminar toxinas e substâncias que se tenham acumulado no organismo.

alimentos-para-desintoxicar-o-higado3

4.- Alho:

O uso de alho é milenar, e usá-lo para desintoxicar o fígado, é muito benéfico, já que contém nutrientes que ajudam a eliminar as toxinas.

5.- Grapefruit ou toranja:

É uma das frutas mais ricas em antioxidantes, que sem dúvida, será um grande aliado para ser capaz de depurar, limpar o organismo de substâncias que podem danificar o seu funcionamento

6.- Betabel:

O betabel, é um dos alimentos mais populares, benéficos e necessários para poder desintoxicar o fígado, o que pode incluir em sua dieta como ingrediente de sucos e/ou saladas.

7.- Alcachofra:

Consúmela em infusão ou ao natural, suas propriedades e componentes, como a cinarina, ajudam a eliminar as substâncias tóxicas, nocivas, fazendo com que o fígado se encontre em bom estado

8.- Babosa ou aloe vera:

Aloe vera tem propriedades para poder ativar a boa função do fígado, com as propriedades que possui, contribuindo para que o fígado funcione de maneira adequada.

Benefícios do suco de Aloe Vera

9.- Espinafre:

O consumo de vegetais de folha verde é altamente recomendado para o poder de desintoxicar o fígado, por suas propriedades ajudam a eliminar as toxinas, limpando o sangue. Você pode incluir muitas formas em sua alimentação.

10.- Chá verde:

Não pode faltar adicionar a alimentação, uma boa infusão, que é uma das melhores desintoxicantes, permite a eliminação de toxinas e ajuda a queimar gorduras.

 chá verde

 

10 Alimentos Proteicos De Origem Vegetal e Animal

O termo alimentos proteicos se refere aos alimentos que contêm um alto nível de proteínas, aqui você vai ver os melhores.

É importante comer de forma correta os alimentos ricos em proteínas, já que há muitos que ainda contêm altas quantidades de proteínas, também contém gorduras e carboidratos.

alimentos proteicos-2

Principalmente se escolhem alimentos proteicos com o objetivo de incluí-los na dieta para aumentar e/ou desenvolver músculos, etc. Mas, é importante lembrar que, independentemente do que seja esse o objetivo principal, é fundamental incluir este importante macronutriente (Proteína) em nossa dieta diária, já que contribuirá para o bom funcionamento do organismo.

É importante incluir alimentos proteicos de todos os tipos de proteínas na alimentação, é dizer proteínas de origem vegetal e de origem animal. Já que as proteínas no processo de digestão, convertem-se em aminoácidos livres, resultando ao final do processo em aminoácidos, que são, sem dúvida, essenciais para o organismo, e estes são iguais se são provenientes de uma proteína animal ou vegetal.

5 Alimentos proteicos de origem vegetal:

1.- Soja:

É um alimento rico em minerais, além disso, contém 38% de proteína. É considerado um vegetal e é um dos alimentos que contém os nove aminoácidos essenciais que o corpo precisa, isso o torna um alimento bastante completo. Existem diversos produtos derivados da soja, como leite, tofu, farinha etc.

produtos de soja

2.- Noz: (fruto seco)

As nozes são uma excelente fonte de proteína vegetal, em 100gr contêm 16gr de proteína. Além disso, são ricos em ômega 3.

nozes

3.- Feijão:

É um alimento rico em fibras, folatos, potássio. Traz uma quantidade significativa de proteína vegetal. Os feijões combinadas com cereais, por exemplo, como o arroz, dão lugar a uma proteína completa, como a de qualquer proteína de origem animal.

feijão

4.- Lentilha:

É uma das principais alimentos que você consome, seu consumo de proteína vegetal é muito nutritiva, combinada com arroz, grão-de-bico, ou nozes etc. Também é rica em vitaminas (B1, B3 E B6) em zinco, selénio.

lentilhas

5 – Amêndoas:

Contribuem com um valor energético importante, além de vitaminas, minerais. Contendo 20% de proteínas.

amêndoas

Ao combinar cereais e legumes fornece uma ingestão de proteína vegetal de alta qualidade e completo.

5 alimentos proteicos de origem animal:

1.- Atum:

É um dos peixes preferidos, considerado um dos alimentos proteicos mais usados em dietas proteicas, cada 100gr contém 23% de proteína, aconselha-se consumir em água. Sua composição nutritiva abrange importantes vitaminas e minerais.

atum

2.- Ovo:

É um dos alimentos mais comuns da dieta diária, tanto a clara como a gema têm um alto conteúdo de proteínas, além disso, contém vitaminas, minerais e lecitina. Seu conteúdo de proteína de alto valor biológico.

ovo

3.- Leite de vaca:

Aconselha-Se escolher leite desnatado, porém leite integral conserva intactas as proteínas e cálcio.

leite de vaca

4.- Carne magra de vaca: (res)

Alimento com 20% de proteínas. Este tipo de carne é uma das mais apreciadas, é altamente nutritiva e que encabeça a lista dos alimentos proteicos de origem animal.

carne de res

5.- Queijo de cabra:

É um queijo com baixo teor de gordura, é uma excelente fonte de vitamina D, o seu consumo de proteína é maior do que a de vaca, e é de muito boa qualidade.

queijo de cabra

 

 

Alimentos anti-inflamatórios

Alguns alimentos anti-inflamatórios podem ser: gengibre, chá verde, pimenta, sementes oleaginosas, chia, mamão, alho, entre outros, que apresentam propriedades anti-inflamatórias.


A natureza dá alimentos que não só possuem um alto valor em animais não vacinados, mas que, além disso, contam com propriedades de todos os tipos, entre elas, anti-inflamatórias, chamados de alimentos anti-inflamatórios, pois trarão grandes benefícios para aliviar dores nas articulações, inchaço das articulações, musculares, artrite, etc., Cada dia, opta-se por procurar opções mais naturais e substituir os medicamentos.


Qual é o papel dos alimentos anti-inflamatórios?


A principal função que desempenham os alimentos anti-inflamatórios, como seu nome o diz, ajudar a desinflamar músculos, articulações, por meio de vitaminas e minerais que incluem esses alimentos, que não apenas a fonte de alimentação ao organismo, mas que as suas propriedades ajudam no fortalecimento do sistema imunológico, ajudando no alívio, prevenção e desinflamación, se esses alimentos são introduzidos a tempo na alimentação diária.


Geralmente, ao apresentar um quadro de dor por inflamação, seja nas articulações ou músculos ou alguma outra causa, principalmente, o tratamento é à base de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos, etc., Dependendo do caso, alteração ou doença, mas estudos recentes têm constatado a eficácia das propriedades anti-inflamatórias dos alimentos, sendo uma excelente alternativa, em que se incluem a tempo e se consomem de forma frequente os alimentos anti-inflamatórios considerados assim por suas propriedades, podem ajudar com o alívio com a eficácia de um medicamento.


Quais são os alimentos anti-inflamatórios?


Claro, que nem todos os medicamentos possuem esta propriedade anti-inflamatória, embora todos se destacam com certas propriedades e nutrientes que ajudam no bom funcionamento do corpo. No entanto, há certos alimentos anti-inflamatórios, como:



  • Gengibre: rizoma aromático que, para além de que é usado como tempero, para vários pratos e bebidas, seu consumo é altamente recomendado, pois além de ser um potente anti-inflamatório, ajuda em diversos problemas como pressão alta, febre, perda de peso, etc.

  • Mamão: é uma das frutas considerada dentro dos alimentos anti-inflamatórios, devido às suas propriedades, o seu consumo é aconselhado diariamente, seja sozinha ou em sucos e ajudar a desinflamar articulações.

  • Alho: esta erva além de ser anti-inflamatória, útil para aliviar a dor e inflamação nas articulações, é um analgésico natural, que não deve faltar na alimentação diária.

  • Chá verde: o consumo, muitas vezes é sugerido para perder peso, no entanto, recomenda-se como uma bebida anti-inflamatória, é rica em antioxidantes.

  • Nozes e amêndoas: o consumo de etas oleaginosas não deve falta na alimentação diária, assim como também não deve faltar na lista de alimentos anti-inflamatórios, a sua composição em animais não vacinados é muito semelhante.

  • Pimentão: aconselha-se consumir o pimentão vermelho, além de serem ricos em vitaminas e minerais, e entre as suas múltiplas propriedades atuam como inflamação natural.

  • Peixes: além de serem muito nutritivos e ricos em ômegas, se poderiam adicionar à lista de alimentos anti-inflamatórios, devem-se consumir de duas a três vezes por semana, os peixes que se podem consumir são. Atum, sardinha, bacalhau, salmão, etc.

Além disso, sugere-se consumir esses alimentos anti-inflamatórios, é necessário ter uma dieta equilibrada e consumir diariamente frutas e verduras, além de evitar as gorduras saturadas e trans. Se sofre de doenças musculares e articulares consultar um médico.